ENVIO GRATUITO em compras a partir de R$ 349,00. Pague com PIX e ganhe 10% de desconto.

Perguntas que seriam assunto de uma noite de vinho com minhas amigas:

 

É muita loucura achar que a gente pode ter controle sobre algumas coisas da vida? O quanto de influência direta nossa existe dentro das coisas que acontecem de acordo com os nossos planos? Quando as coisas saem do que achamos ser o “nosso controle” e a gente tem que “recalcular” a direção, a direção antiga era mesmo a correta? Cada pequena decisão tem o poder de mudar nosso destino porque ela leva a outras decisões maiores em um eterno efeito dominó? Quantas vezes eu passei por pessoas que anos depois entraram na minha vida? Todas pessoas que entram na nossa vida entram por algum motivo? Ser positivo demais é tão problemático quanto ser negativo demais? Qual a diferença entre paranóia e intuição? Até onde o que eu faço é realmente o que eu quero e não influência do meio? Abrir mão do controle é liberdade ou desistência? Sonhos sempre têm significado? Como eu consigo identificar o que é persistência e o que é teimosia? Perguntas podem ser respostas? Se vamos pedir 3 taças melhor pedir a garrafa, né?